Dicas de preparo para alguns cortes

Rabo:
É ideal para preparos de cozimento lento, como ensopados de carnes. Pode ser feito em pedaços, separando as vértebras, ou inteiro. Colocando condimentos e especiarias, o molho junto com esse corte cheio de músculo e ossos, ganha sabor especial e fica encorpado.

Músculo: Muito utilizado em ensopados e sopas. Pode inclusive ser batido com sopa de legumes para ganhar mais teor nutritivo. Cozido ao forno com molho e cebolas faz grande sucesso.

Fraldinha: Corte pequeno, junto ao traseiro. Muito macia, pois suas fibras são uniformes e faz parte de um conjunto de músculos de pouco trabalho. Ideal para bifes, mas fica ainda mais saborosa quando levada à brasa. Essa peca com uma capa de gordura acima de 1cm faz um excelente churrasco. Saiba mais sobre churrasco.

Veja também: Dicas do churrasco


Aba de Contra-Filé: Ideal para moer.

Ponta de Agulha: São as costelas, e devido o tipo de gordura que a reveste é muito boa quando levada a cozimentos longos, pois a gordura não deixa o corte ressecar. Ensopados, picadinhos, cozidos ficam deliciosos com esse corte.

Cupim: Característica do gado zebuíno (vindo da raça zebu), rico em gordura entre fibras (também conhecido como marbling), revela-se excelente para assados, ensopados e churrasco. Saiba mais sobre churrasco.

Veja também: Dicas do churrasco


Paleta: Corte do dianteiro, também conhecida como PÁ ou CRUZ MACHADO (em algumas regiões do norte nordeste), pelo tipo de gordura do corte é bom quando levado à cozimentos longos, muito usado também para moer.

Acém: Corte do dianteiro, consegue compor bons pratos quando acompanhado de molhos e feito através de ensopados, cozidos e picadinhos.

Peito: Por muito dito como a melhor peça do dianteiro, ideal para fazer carne recheada e enrolada. Sua gordura superficial evita o ressecamento durante o cozimento.

Coxão Mole: Corte do traseiro, muito utilizado nos estados nordestinos para produção da CARNE DE SOL, mas muito bom para bifes em geral. Corte macio e tenro.

Picanha: Por muitos e grande maioria considerado o melhor corte para execução de churrascos. Corte do traseiro recoberto por uma camada de gordura que o deixa suculento quando exposto à brasa. Saiba mais sobre churrasco.

Veja também: Dicas do churrasco

Filé Mignon: Sem dúvida a carne mais macia do bovino, corte por estar junto à coluna e ao traseiro não é muito exigido quando músculo, portanto fica muito macio. Muito importante estar com acompanhamentos e especiarias quando preparado, pois não é uma carne com muito sabor. Ideal para bifes e bifes mal passados.
     
  Webdesign Aviso Legal - © 2004 Guapore.com - Direitos reservados







.   

Clique para ser atendido: